Será o fim dos Spoilers?

Um dos objetivos do Maldita Insônia é criar discussões sobre assuntos que são interessantes pra todos. Sou assinante da Revista Galileu (#recomendo), e em uma de suas edições tinha uma matéria a respeito do cinema e qual rumo esta arte seguirá.

Estamos na era 3D, é normal (ou não) irmos para o cinema e levarmos sustos com algumas cenas propositalmente inseridas nos filmes para isso, obviamente isto não irá longe, logo logo vamos nos acostumar a esta tecnologia e não será novidade vermos um braço voando ou uma bala vindo em “nossa direção” e para onde o cinema irá? O 3D irá se juntar com outra tecnologia revolucionária?

 Voltando à matéria da Galileu, fiquei impressionado com o que está por vir, sabemos que o termo interatividade é MUITO utilizado pois estamos buscando sempre interagir com algo ou alguém que nos interesse, o cinema não fará diferente, se tornará interativo, sim, vamos interagir com o final do filme, você deve estar se perguntando como, correto? Existe uma empresa chamada Myndplay que está desenvolvendo um sistema que irá captar as nossas ondas cerebrais enquanto assistimos os filmes, e dependendo do que estamos sentindo no decorrer dele o final irá se adaptar à nossa “vontade”, e como será no cinema? Acredito que o sistema irá identificar um meio em comum em nossas vontades e escolher o melhor final para quase todos, podemos esperar uma disputa de vontades!

É estranho mesmo para nós que estamos já nos acostumando com a tecnologia 3D em tudo, mas acho que será um dos meios para que o cinema continue evoluindo sempre, só posso dizer que os diretores de filmagem, roteiristas e etc terão mais trabalhos agora, a Myndplay já liberou alguns filmes em seu site para download a U$ 2,00, e até agora foram 12 longas que vão do terror a aventura e que tem em média 10 finais diferentes, o problema é saber como conseguir este tal fone de ouvido que interpreta nossas ondas cerebrais ¬¬.

E você? Ansioso? que você acha desta nova tecnologia? 

Ilustração da Revista Galileu