Lugares Incríveis #5 – Nova Zelândia

Faz tempo que não faço um post mostrando mais Lugares Incríveis para visitarmos antes de morrer! E se você tiver algum problema no coração, sugiro deixar este lugar por último.

Não só por ser um lugar com paisagens magníficas, mas também por ser um dos países mais procurados pelos praticantes de esportes radicais! Sempre tive curiosidade na Nova Zelândia, tenho uma tatuagem Maori depois de pesquisar a respeito e descobrir que é assim que são chamados os nativos, e eles são incríveis e muito respeitados ainda por lá, além de ser a segunda língua falada no país! É um lugar com uma cultura singular, talvez por ser afastado de tudo (a cerca de 2 000 km a sudeste da Austrália, ou seja, no fim do mundo!).

É conhecida por ser  um lugar “limpo e verde” e com muitas possibilidades de turismo de aventura, com destinos naturais como: Milford Sound, o Monte Cook, as Cavernas de Waitomo, o Parque Nacional Abel Tasman e a Travessia Alpina do Tongariro, além das atividades como o bungee jumping, que dizem ter sido inventado por lá, ou a observação de baleias.

A título de curiosidade, a Nova Zelândia é um dos países com melhor qualidade de vida do mundo. Auckland é a quinta melhor cidade para se viver em todo o planeta.

Sobrevoando o lago de Queenstown


As vezes, o que um piloto vê num dia, as pessoas não vão ver em toda a vida!

A segunda maior plataforma de Bungee Jump do mundo, também em Queenstown!

Equipe de Rugbi e a assustadora dança de guerra Haka!

O Rugbi é o esporte mais praticado na Nova Zelândia, e os neozelandeses são apaixonados pela seleção que tem muita tradição. Sempre no início de um jogo eles demonstram serem os melhores com essa espécie de dança da guerra dos Maori. Incrível, né? Pra você ter uma ideia, o Jason Momoa conseguiu o papel de Khal Drogo em Game Of Thrones fazendo essa dança no dia do teste, e você pode ver o vídeo aqui!

O Senhor dos Anéis também foi filmado na Nova Zelândia!

nova-zelandoa-senhor-dos-aneis
Foram usadas mais de 150 locações espetaculares nos filmes vencedores do Oscar, O Senhor dos Anéis e não será necessário um helicóptero (ou uma águia gigante) para ter acesso a alguns desses cenários bem conhecidos. Grande parte do filme foi gravada perto dos principais pontos de referência e centros turísticos, de modo que é possível fazer uma aventura independente ou juntar-se a um das diversos passeios organizados às locações de O Senhor dos Anéis que estão em oferta.

Mais sobre a Nova Zelândia

http://www.newzealand.com/br/

Publicado por Kadu Magalhães

Formado em Comunicação, 26 anos, blogueiro, músico, admirador do bom e velho rock n roll.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *